BLOG

Cuidados durante a dragagem de material contaminado

Trabalhar na dragagem de sedimentos contaminados envolve riscos ao meio ambiente, à saúde pública e socioeconômicos também, pois a atividade lida com substâncias perigosas e contaminantes. Por isso, a escolha do tipo de dragagem que será realizada deve ser avaliada com cuidado pelos responsáveis que realizarão o serviço.

Durante o processo de dragagem os sedimentos são escavados através de método mecânico ou hidráulico. Depois de removidos, são transportados para uma área que será determinada como seu destino final.

Nesse processo diversos equipamentos podem ser utilizados para a remoção e transporte dos sedimentos, entre eles: barcaças, dragas ou dutovias. Além de navios que acoplam os equipamentos de dragagem e armazenam o material coletado.

O processo de dragagem tem sido aperfeiçoado e existe um novo tipo de dragagem conhecido como dragagem ambiental, que mantém alguns requisitos:

  • Dispersão mínima de sedimentos contaminados em áreas próximas ao sítio de dragagem;
  • A segurança deve ser fator primordial durante o manejo e a disposição final dos sedimentos, evitando riscos ao meio ambiente e à saúde pública;
  • O tempo de realização da dragagem deve ser o menor possível, removendo o máximo de sedimentos contaminados e o mínimo de água e de sedimentos não contaminados.

A segurança deste trabalho também envolve a elaboração de um projeto de dragagem bem elaborado, que considere todos os fatores ambientais envolvendo a operação, o tipo de sedimento e a profundidade do campo hídrico. Esse projeto deve contar com uma análise qualificada que defina as etapas e os equipamentos mais adequados para a condução das atividades.

Artigos Relacionados

Acompanhe notícias e tendências do mercado ambiental

Veja mais

Assine nossa newsletter para receber novidades da Allonda!



WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp