BLOG

Exposibram 2019 busca responder qual vai ser a mineração do futuro

Uma solenidade de abertura nesta segunda-feira, 09, marcou o início da Exposibram 2019, um dos principais eventos de mineração em todo o mundo e principal do segmento na América Latina. Realizada em Belo Horizonte, no Expominas, a feira e congresso reúne toda a cadeia produtiva da mineração até o dia 12 de setembro em busca de uma resposta: qual vai ser a mineração do futuro?

Wilson Brumer, presidente do Conselho do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), abriu a solenidade com essa pergunta e chamou todos envolvidos no segmento para uma união em busca de uma transformação. “O setor precisa aprender a se posicionar melhor, a sociedade não conhece como funciona a atividade mineradora e como ela auxilia no seu cotidiano”, explicou.

Com a presença de diversas autoridades, como o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, Brumer destacou que as mineradoras e outras participantes da cadeia produtiva precisam investir em mais segurança, mas também se posicionarem mais próximas das comunidades no entorno de suas operações.

O fortalecimento da Agência Nacional de Mineração também foi pauta para o presidente do Conselho do IBRAM, que ressaltou a importância do órgão para o fortalecimento das mais de 9.000 empresas do setor.

IBRAM assina acordo para adotar iniciativa canadense

Outro destaque da solenidade de abertura foi a assinatura de acordo entre IBRAM e a The Mining Association of Canada (MAC) para o Brasil fazer parte da Towards Sustainable Mining, iniciativa da MAC para melhorar os impactos ambientais e sociais das atividades mineradoras.

Bem Chalmers, vice-presidente sênior da associação, falou sobre a importância da parceria com o Brasil, a maior já realizada pela iniciativa. “Esta é a sexta parceria que assinamos, mas com certeza a que mais me anima, já que se trata da maior e mais promissora delas. A mineração canadense passou por uma enorme transformação com o TSM há alguns anos e espero que aconteça o mesmo aqui no Brasil”.

Além do acordo com a MAC, o IBRAM aproveitou a ocasião para divulgar uma Carta Compromisso perante a sociedade. Entre os diversos pontos que o documento aborda, estão a segurança operacional, o desenvolvimento local e futuro das cidades e regiões mineradoras e o relacionamento com as comunidades.

Em sua fala na solenidade, o diretor presidente do instituto, Flávio Penido, ressaltou as iniciativas já em andamento para alcançar a transformação apontada no documento. Entre elas o Mining Hub e encontros ocorridos para tratar sobre o gerenciamento e destinação de rejeitos.

Penido destacou que o grade desafio para o setor é a melhora da qualidade, mas ressaltou: “não defendemos minerar a qualquer custo”.

Homenagens às vítimas e socorristas de Brumadinho

As recentes tragédias de Mariana e Brumadinho foram lembradas por toda a solenidade. Logo no início os presentes respeitaram um minuto de silêncio em respeito ao ocorrido em janeiro de 2019, em Brumadinho. O coronel Edgard Estevo da Silva recebeu a placa de homenagem em nome do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

Foram homenageadas ainda a Defesa Civil e as polícias Civil e Militar, que também receberam placas das mãos de autoridades públicas e do IBRAM.

Artigos Relacionados

Acompanhe notícias e tendências do mercado ambiental

Veja mais

Assine nossa newsletter para receber novidades da Allonda!



WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp