BLOG

Qual será o novo normal da Allonda no pós-pandemia?

Essa é uma pergunta que muitas empresas e profissionais estão se fazendo. O mundo pode não ser mais o mesmo e as relações estabelecidas durante a quarentena mostraram que os modelos que seguimos precisam se adaptar às mudanças para se tornarem mais produtivos e, principalmente, sustentáveis.

Economia Circular é o caminho para um mundo que precisa se renovar

A sustentabilidade é tema global e, de olho nessa agenda, investidores estão colocando os critérios socioambientais como pontos de decisão. A carta assinada por representantes de 29 instituições, que gerenciam US$ 3,7 trilhões em ativos, enviada ao governo brasileiro mostrou que o direcionamento de recursos está atrelado à preservação do meio ambiente.

Com atuação pautada sob os princípios da Economia Circular há algum tempo, a Allonda vem incentivando clientes e parceiros para que adotem esse modelo, que preza pelo reaproveitamento sistemático de tudo.

As soluções de engenharia com viés da sustentabilidade desenvolvidas pela empresa impactam a realidade de seus clientes, que têm a chance de repensar seus processos, levando benefícios para além das operações, compartilhando valor com a comunidade do entorno e o meio ambiente.

Adoção de modelos de trabalho flexíveis

Estudo realizado por André Miceli,  diretor executivo da Infobase e coordenador do MBA em marketing e inteligência de negócios digitais da Fundação Getulio Vargas (FGV), aponta que o modelo de trabalho home office deve crescer 30% no país após a pandemia.

Durante o isolamento social, 70% da equipe da Allonda que atua nos escritórios estava em trabalho remoto. Essa já era uma tendência no mundo que foi acelerada pela pandemia da COVID-19 e que deixará seu legado no Brasil. Agora, a empresa finaliza estudos para adotar o modelo flex job para 50% do quadro de colaboradores. A ideia é que durante dois dias da semana parte dos profissionais trabalhe remotamente e nos outros dias realizem funções de maneira presencial.

A Allonda fará um diagnóstico para identificar os colaboradores com perfis elegíveis, avaliando os detalhes de cargos, perfis e áreas que têm melhores condições de realizar o trabalho remoto sem alterar a performance. Além disso, a preocupação em manter a fluidez na comunicação com os profissionais deve ser considerada.

Muitas empresas pararam por um tempo durante a pandemia e podem planejar a retomada de um modo diferente, incluindo pontos importantes para o mundo nesse momento como a Economia Circular e a flexibilidade do trabalho.

Artigos Relacionados

Acompanhe notícias e tendências do mercado ambiental

Veja mais

Assine nossa newsletter para receber novidades da Allonda!


WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp