Lagoa industrial: para que serve?

Entenda o papel destas estruturas no funcionamento da indústria

Lagoas industriais são parte fundamental do processo produtivo e seu manejo é ponto crucial para assegurar a sustentabilidade da atividade industrial. São estruturas construídas com o propósito de equalizar a vazão de água e/ou de promover o tratamento de efluentes líquidos.

A concepção atual de uma lagoa industrial ajuda também a evitar a contaminação do solo e dos recursos hídricos que fazem parte da natureza. Isso acontece porque as estruturas são construídas pelas indústrias levando em conta os impactos no meio ambiente, utilizando materiais impermeabilizantes, como plástico e concreto – leia mais sobre isso na nossa página sobre a aplicação sustentável das lagoas industriais.

Originalmente, as lagoas utilizadas para despejo de rejeitos industriais eram naturais. Com o passar do tempo, as empresas começaram a “forrar” estas estruturas com argila para tentar evitar a contaminação. Esta solução não é eficiente, afinal, a argila absorve a água e não é capaz de filtrar todas as substâncias que compõem os rejeitos industriais. Diante dos avanços e das descobertas da indústria, as lagoas evoluíram e passaram a contar com materiais e técnicas mais elaborados.

Planejadas e construídas pela própria indústria, as lagoas usam processos biológicos e químicos para tratamento dos despejos, com algas e bactérias, por exemplo. Estas estruturas são, além de altamente eficientes para este propósito, econômicas: este é um dos recursos com melhor custo-benefício para tratamento de efluentes líquidos, além de requerer pouca manutenção.

As lagoas industriais se dividem em vários tipos, de acordo com seu método de tratamento e finalidade:

  • Aeróbias: utilizam oxigênio no processo;
  • Anaeróbias: usam processos de fermentação sem oxigênio no tratamento;
  • Facultativas: combinam os dois processos acima à fotossíntese;
  • De maturação: aproveitam os raios ultravioleta do sol na decomposição dos despejos.

Quando necessário, as indústrias precisam recorrer a soluções de desassoreamento de lagoas industriais para desativar estas estruturas e revitalizar as áreas em que elas funcionavam. A Allonda é capacitada para atuar em todo o ciclo de uma lagoa industrial: geração de projeto básico e executivo, construção da estrutura, operação e manutenção da estação de tratamento. Sempre contando com equipe multidisciplinar preparada para atuar ao longo de todo o processo de forma eficaz e colocando a sustentabilidade como protagonista do projeto.