Cadeia sustentável: 8 dicas para escolher bem o seu fornecedor

Essa semana, no dia 15 de outubro, foi o Dia do Consumo Consciente! Por isso, em prol da sustentabilidade corporativa, é preciso aplicar um conceito importantíssimo chamado Cadeia Sustentável.

A cadeia sustentável (ou green supply chain) consiste em uma série de ações realizadas pelas empresas para garantir a sustentabilidade em todas as etapas de produção. Inclusive na hora de comprar matéria-prima. Afinal, você já parou para pensar que toda empresa é também uma consumidora? Trazemos aqui dicas valiosas na hora de escolher o melhor fornecedor para manter verde sua linha de produção.

 

1 – Formalidade empresarial

O primeiro passo para garantir que seus fornecedores contribuam para a sustentabilidade de seus produtos ou serviços é conferir se eles estão com as documentações em dia. Vale verificar a inscrição na Receita Federal, bem como a regularidade do CNPJ.

Em seguida, você deve conferir também se a licença ambiental está ok.

 

2 – Aplicação de valores sustentáveis

Pesquise muito sobre os seus fornecedores, leia a missão e os valores da empresa. Busque entender qual é o papel que a sustentabilidade ocupa. Mais importante do que isso, verifique se esses valores estão mesmo sendo aplicados. Quais são as ações que o seu fornecedor aplica em prol da sustentabilidade?

 

3 – Normas técnicas e certificações

Um importante parâmetro na hora de comparar as opções de fornecedores é o cumprimento correto das normas técnicas exigidas pelo mercado em que você atua. Indo um pouco além do que é exigido por lei, vale a pena conferir se o fornecedor possui alguma certificação, como a ISO, que oferece credibilidade e padronização internacional.

 

4 – Distâncias a serem percorridas

Vale lembrar que, ao comprar um produto, matéria-prima ou serviço, ele precisa chegar até você. Para isso, é necessária uma logística de transporte, que poderá ter um impacto maior ou menor ao meio ambiente.

Quando você escolhe fornecedores com processo produtivo próximo ao local de aplicação, você está ajudando a reduzir a emissão de gases do efeito estufa. Além disso, ainda estará valorizando a produção local.

 

5 – Valorização da produção local

Além de reduzir o impacto com o transporte, quando você opta por um fornecedor local, você contribui com o desenvolvimento socioeconômico do entono, ou seja, quando você contrata ou fecha parcerias com produtores locais, você está investindo na economia local e ajudando a região a se tornar ainda mais próspera.

 

6 – Âmbito social

As preocupações sociais, inegavelmente, devem fazer parte das diretrizes de qualquer empresa. Por isso, é imprescindível checar se os seus fornecedores estão com uma imagem positiva com relação a esse aspecto. Vale verificar se há algum problema com a justiça em questões como trabalho infantil ou em situações precárias.

Confira o perfil de Responsabilidade Social Empresarial de seus fornecedores. Esse é um aspecto que deve ir além do que é obrigatório por lei. É a incorporação de compromissos sociais e ambientais na forma de pensar e agir da empresa.

Além disso, é importante verificar se a empresa possui relacionamento direto com a comunidade, entendendo os impactos de sua operação e necessidades da população. A escuta ativa contribui diretamente com o desenvolvimento conjunto: pessoas e empresa.

 

7 – Cadeia sustentável desde a base

Busque empresas que, assim como você, também apliquem o conceito da cadeia sustentável. Verifique se os fornecedores do seu fornecedor são sustentáveis e se ele aplica também outros conceitos de sustentabilidade na visão e missão da empresa.

 

8 – Reconhecimento e mitigação de riscos

Por fim, mas não menos importante, certifique-se de que seus fornecedores entendem, reconhecem e estudam os riscos ambientais envolvidos no processo produtivo. Busque saber quais são as ações práticas que eles realizam para analisar e mitigar esses riscos, bem como ter a eficiência na atuação em caso de acidentes.

 

Sustentabilidade em todos os aspectos

A Allonda reconhece a importância de garantir uma cadeia produtiva sustentável em todas as etapas do processo produtivo. Assim, nossos projetos passam por um time de profissionais especialistas e são realizados com tecnologias de ponta. Nossos fornecedores passam por uma etapa de qualificação em que é exigida conformidade com as leis trabalhistas. A legislação ambiental também é apurada através da exigência de licenciamentos, como registro dos produtos em órgãos ambientais e certificação de origem.

Assim, com o conhecimento de cada cadeia produtiva, atuamos com eficiência e responsabilidade, proporcionando soluções sustentáveis desde a base.

Para a Allonda, a gestão dos riscos sociais, ambientais e econômicos das operações é sinônimo de Sustentabilidade. De forma transparente, envolvemos os nossos stakeholders na execução de nossas atividades, bem como nas ações socioambientais que articulamos.

Assine nossa newsletter para receber novidades da Allonda!



WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp