Valoração de resíduos na indústria de papel e celulose

Papel

Uma prática importante para a sustentabilidade é o reúso, e isso também se aplica à indústria. A valoração de resíduos passa pelo conceito de economia circular, que busca o reaproveitamento sistemático de tudo. Assim, resíduos são transformados em matéria-prima para um novo ciclo de produção.

 

A indústria de papel e celulose

Uma das indústrias que mais gera resíduos é a indústria de papel e celulose. Caso esses resíduos não sejam tratados corretamente, o impacto ambiental causado pode ser desastroso. Dessa forma, a valoração de resíduos entra como solução, utilizando tecnologias de tratamento para transformá-los em matérias-primas nobres.

Alguns tipos de resíduos dessa indústria são:

  • Cascas de madeira, nós, palitos e rejeitos de fibras
  • Dregs, grits, lama de carbonato, areia de caldeira
  • Lodo biológico e lodo primário
  • Lama de carbonato

 

Valoração de resíduos

Segundo Márcio Nunes da Silva, Gerente de Desenvolvimento Técnico em Inovação da Allonda, e detentor de patentes verdes, a valoração de resíduos “é uma forma inovadora e sustentável de agregar melhorias contínuas em processos, produtos e sistemas, seja no princípio financeiro ou ambiental”.

No setor de papel e celulose, ele comenta que o objetivo da valoração é “implantar tecnologias de continuidade, para valorizar resíduos atualmente gerados em seus processos, que são destinados a aterros”.

As matérias-primas resultantes da valoração podem ser utilizadas tanto na própria fonte geradora, quanto no mercado comum e em outras indústrias.

 

Vantagens da valoração de resíduos

Além da sustentabilidade, a valoração de resíduos traz um importante leque de vantagens, tanto para a indústria, quanto para o meio ambiente. O planeta pode respirar melhor com menos emissão de gases, e os resíduos solúveis em lençóis freáticos também são reduzidos.

Financeiramente, há uma demanda menor no transporte e deslocamento de resíduos. Os aterros podem ter seu volume útil reduzido, ou até mesmo inutilizado, pois a meta aqui é reutilizar todos os resíduos possíveis. Como resultado, o processo produtivo se torna mais valorizado em todas as frentes do mercado de papel, de embalagens a jornais e papelaria.

Márcio explica que qualquer empresa pode aplicar o conceito de valoração de resíduos em sua produção. “O principal requisito é o interesse”, afirma. Porém, é necessário entender que o resíduo deve passar pela etapa de tratamento, para que só assim seja valorado.

 

Sustentabilidade na indústria

Na Allonda, pregamos e aplicamos o conceito de economia circular em nossas soluções ambientais sustentáveis. Na indústria de papel e celulose, desenvolvemos projetos com soluções customizadas para cada tipo de resíduo.

As nossas tecnologias poluem menos e consomem menos água e energia. Assim, além do valor agregado a seus processos produtivos, nossos clientes têm a certeza de contar com práticas condizentes ao desenvolvimento econômico sustentável.

Assine nossa newsletter para receber novidades da Allonda!



WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp