Fase 2: Retirada de embarcação naufragada e tratamento de material contaminado para redução de impacto ambiental

Problema

Necessidade de remoção de barco de 70 metros, naufragado há mais de 100 anos, atendendo normas de legislação internacional de artefato arqueológico.

Solução

Remoção do barco atendendo todas as normas técnicas, com mapeamentos preventivos, investigações subaquáticas, sondagens do naufrágio e caracterização do  material coletado; dragagem do material contaminado, derrocamento de pedras subaquáticas e conformação do canal.

Valor agregado

  • Acompanhamento contínuo de equipe técnica (engenheiros, arqueólogos, oceanógrafos);
  • Mapeamentos preventivos;
  • Investigações subaquáticas;
  • Sondagens do naufrágio;
  • Caracterização do material coletado.

Dimensões

  • Atendimento integral às normas internacionais – que caracterizam o material removido como artefato arqueológico;
  • Embarcação resgatada direcionada para museu.

Ano: 2016 – 2017

Estado: Rio de Janeiro

Soluções: Resíduos

Estudos de Casos Relacionados

Portos e Hidrovias

Fase 1: Aumento da profundidade de calado para grandes embarcações e tratamento dos sedimentos removidos com base no conceito de economia circular

Portos e Hidrovias
Portos e Hidrovias

Construção de estação de tratamento para sedimento com alto grau de contaminação e projeto de engenharia para disposição de resíduos

Portos e Hidrovias

Mercados Relacionados