• English
  • Português
  • Español

Desassoreamento e Dragagem

Equipamentos e

tecnologias de dragagem

A escolha correta do equipamento de dragagem é uma etapa essencial, porém complexa. Deve-se levar em conta a finalidade do projeto, a profundidade do corpo hídrico, os tipos de sedimentos que serão dragados, as condições da área do empreendimento, dentre outras variáveis.

A Allonda possui mais de 10 equipamentos de dragagem, além de boosters e diferentes bombas. E para tornar nosso processo de dragagem ainda mais eficiente, possuímos tecnologias que são adicionadas às dragas para aprimorar o monitoramento do perfil da dragagem; incluímos sensores e transmissores de dados; executamos o modelamento de terreno digital; fazemos o controle de corte automático; além de acoplarmos sensores de medição de vazão e sólidos. Conheça nossos equipamentos!

DRAGA CUTTER SUCTION 40

Também conhecida como draga de sucção e corte ou draga de sucção e recalque, as CSD, Cutter Suction Dredge, combina os dois princípios básicos de dragagem: escavação e sucção. Seu funcionamento se dá através de uma ferramenta rotativa de corte. Assim, o solo é desalojado para que possa ser transportado pelo tubo de sucção.

 

ESPECIFICAÇÕES

Ano de fabricação: 2018; Comprimento: 20,5m; Calado: 1,10m; Largura: 5,72m; Potência do Motor: 483Kw @ 1800 rpm; Profundidade de Dragagem: 08m; Sucção: 390mm; Recalque: 390mm; Potência do Eixo Cortador: 55Kw; Velocidade do Cortador: 35rpm;

DRAGA CUTTER SUCTION 45

Pode ser utilizada com todos os tipos de solo, desde areia e cascalho até materiais compactos e duros, como argila, rocha macia e camadas finas de rocha dura. Portanto, é uma draga que pode ser aplicada em um amplo leque de projetos de dragagem. Entre eles, recuperação de terras, construção de portos e manutenção de hidrovias, mineração, reservatórios e dragagem ambiental.

 

ESPECIFICAÇÕES

Ano de fabricação: 2018; Comprimento: 26,10m; Calado: 1,40m; Largura: 6,81m; Potência do Motor: 746Kw @ 1800 rpm; Profundidade de Dragagem: 10m; Sucção: 450mm; Recalque: 450mm; Potência do Eixo Cortador: 110Kw; Velocidade do Cortador: 34rpm;

DRAGA CUTTER SUCTION 50-I

As principais características são:

  • Dragagem hidráulica com bombas centrífugas e uma cabeça de corte rotativa.
  • Draga estacionária: portanto, necessitam de um equipamento auxiliar para seu trabalho (workboat).
  • Sistema de dragagem preciso, com bom controle na posição vertical e horizontal.
  • Adequada para quase qualquer tipo de solo, incluindo argila e rocha macia.
  • Transporte do material dragado se dá por tubulações até o ponto de descarte

 

ESPECIFICAÇÕES

Ano de fabricação: 2016; Comprimento: 32,32m; Calado: 1,45 m; Largura: 7,87 m; Potência do Motor: 1350 Kw @ 1600 rpm; Profundidade de Dragagem: 14m;Sucção: 550 mm; Recalque: 500 mm; Potência do Eixo Cortador: 170 Kw;Velocidade do Cortador: 12,4 a 30,4 rpm; Produção média: 300 m³/h.

DRAGA CUTTER SUCTION 50-II

É importante se atentar aos níveis de dureza e plasticidade do solo na hora de escolher a draga correta. Solos mais duros, por exemplo, são mais difíceis de desalojar, necessitando de uma potência maior de corte com a B50. Por sua vez, solos plásticos tendem a tapar a boca de sucção, impactando, assim, o tempo do processo de dragagem.

 

ESPECIFICAÇÕES

Ano de fabricação: 2010; Comprimento: 32,32m; Calado: 1,45 m; Largura: 7,87 m; Potência do Motor: 1350 Kw @ 1600 rpm; Profundidade de Dragagem: 14m;Sucção: 550 mm; Recalque: 500 mm; Potência do Eixo Cortador: 170 Kw;Velocidade do Cortador: 12,4 a 30,4 rpm; Produção média: 300 m³/h.

DRAGA PIT HOG 6”

ESPECIFICAÇÕES

Comprimento Total: 8,50m; Comprimento Flutuantes: 8,20m; Largura Total: 2,54m; Altura Total: 2,40m; Linha d’agua: 0,35m; Potência do Motor: 165CV Diesel; Largura do desagregador: 2,40m; Torque do desagregador: 622Nm; Profundidade de Dragagem: 0 A 3,66m; Velocidade de corte: 1 a 4,5m/min.; Bomba de Lodo: 6” Série F; Descarga da Bomba de Dragagem: 6” Flangeada; Alimentação elétrica: 12V; Flutuante: Aço; Peso: 10.400kg.

DRAGA CUTTER SUCTION 10”

ESPECIFICAÇÕES

Comprimento: 11,5 m; Comprimento entre perpendiculares: 11,42 m; Boca Moldada: 2,75 m; Pontal: 1,38 m (flutuantes vante)/ 1,80 m (PM ré); Calado: 0,62 m; Deslocamento Leve: 13,30 tons; Deslocamento Carregado: 15,55 tons; Cabine de Comando: 1,80×1,20×1,90 (CxLxA); Propulsor: 3 pás Ø 550mm;  Sucção da Bomba: 10″; Recalque da Bomba: 8″; Modelo da Bomba: 113,5 cilindros; Potência Máx.: 360 Hp; Rotação Correspondente: 2100 rpm; Dimensões do Motor: 1,70×0,80 m (CxL); Dimensões da Bomba: 1,15×0,80 m (CxL).

DRAGA CUTTER SUCTION 8"

ESPECIFICAÇÕES

Comprimento:19 m; Calado: 0,80 m; Largura: 3,78 m; Potência do Motor: 350 Kw @ 1800 rpm; Profundidade de Dragagem: 8 m; Sucção: 200 mm; Recalque: 200 mm.

DRAGA PIT HOG ELÉTRICA COM CONTROLE REMOTO

ESPECIFICAÇÕES

Comprimento Total: 6,80m; Comprimento Flutuantes: 6,00m; Largura Total: 2,44m; Altura Total: 2,40m; Linha d’agua: 0,35m; Potência do Motor Bomba: 12,5 HP Elétrico; Largura do desagregador: 1,20m; Torque do desagregador: 622Nm; Profundidade de Dragagem: 0 A 3,66m; Velocidade de corte: 1 a 4,5m/min.; Bomba de Lodo: 6” Série F; Descarga da Bomba de Dragagem: 6”; Alimentação elétrica: 440V- 3 Fases- 60Hz; Flutuante: Aço; Peso: 2.400kg.

BOMBA SUBMERSÍVEL

ESPECIFICAÇÕES

Rotação do Motor da Bomba: 1180 rpm; Descarga da Bomba: 200 mm; Potência do Motor Bomba: 60 Hp (44 kw); Diâmetro de Sólidos: 60 mm (2,4″); Peso: 1070 kg; Pressão da Bomba: 16 m; Vazão da Bomba: 350 m³/h; Fases/polos/frequência: 3 / 6 / 50 Hz; Tensão: 480 V/ 80 A; DRAGA TH – 3B:  01 Par de Flutuantes: 5,00 x 0,70 x 0,70 m; 02 Torres com travamento superior; 01 Guincho Elétrico 220; Plataforma de trabalho antiderrapante com dimensões de 1,50m x 1,50m;

BOOSTER | IHC 895KW

ESPECIFICAÇÕES

Comprimento: 6,69 m; Largura: 2,77 m; Peso: 28.000 KG Potência do Motor: 895 Kw @ 1800 rpm; Diamentro de tubulação: 400 – 500 mm.

BOMBAS | DOP 1815 DAMEN

ESPECIFICAÇÕES

Produção: 600 m³/h; Velocidade total da Bomba: 850 rpm; Potência total: 95 (KW);  Sucção: 180 mm; Diâmetro de Sucção: 180(mm); Peso (hidráulico):1400 Kg; Peso (elétrico): 2100 Kg.

BOMBAS | DIVERSAS

Bomba de parafuso; bomba autoescorvante; motobomba autoescorvante; motobomba centrífuga autoescorvante; bomba submersível; bomba de diafragma; bomba dosadora;

MONITORAMENTO DO

PERFIL DE DRAGAGEM

Funcionamento: É um software que faz o mapeamento da área a ser dragada mostrado batimetricamente onde estão as concentrações de sólidos e os nivelamento do terreno.

Aplicação: Tem como função fazer o mapeamento da área que está sendo dragada, buscando ter o controle absoluto da área dragagem.

Benefícios: Maior eficiência no processo de dragagem; Otimização do tempo no processo de dragagem e redução no custo operacional através dos controles da informação gerada; Informação em tempo real durante o processo de dragagem; Redução de tempos mortos do processo.

SENSORES E TRANSMISSORES DE DADOS

As dragas IHC são compostas por diversos tipos de sensores, estes responsáveis em informar dados relevantes com monitoramento instantâneo de componentes, dando ao operador informações que são usadas como parâmetros operacionais.

Essa interface entre máquina e operação, a partir da transmissão de dados coletado pelos sensores, permite que o operador tenha controle absoluto de todo equipamento e consiga melhores performance operacional. Uma vez os dados sendo analisados e tratados, isso resultará em melhores ganhos produtivos e redução de custo operacional.

MODELAMENTO DE TERRENO DIGITAL

É uma ferramenta de monitoramento de terreno, contribui para que o operador tenha maiores controles na profundidade e área de corte. Por fazer o modelamento do terreno, este sistema mostra de forma detalhada as irregularidades do terreno, contribuindo para que a área dragada seja nivelada de forma homogenia.

CONTROLE DE CORTE AUTOMÁTICO

Tem como função integrar todas as informações geradas no equipamento e transmitir ao operador através de uma tela de monitoramento.

Esta interface gerada entre máquina e homem, com sistema ACC,  permite melhores eficiências operacionais, redução de custo, tomadas de decisões com agilidade e precisão da informação.

Este sistema permite que o operador tenha o total domínio do equipamento e possa tomar ações que resultarão em melhoria a curto prazo.

Outro ponto de grande relevância é no quesito manutenção, onde se tem informações precisas de funcionamento dos mecanismos, permitindo ter um domínio do funcionamento do equipamento podendo prever futuras falhas e atuar antes que estas aconteçam.

SENSORES DE MEDIÇÃO

DE VAZÃO E SÓLIDOS

O sensor medidor de vazão indica, de modo instantâneo,  o volume de material que está sendo bombeado. Este parâmetro é de fundamental importância para as referências operacionais, além de ter a informação momentânea de volume de material dragado. O que contribui nas tomadas de decisões operacionais para buscar maiores rendimentos operacionais.

O sensor medidor de sólidos indicará a quantidade real de sólidos que está sendo bombeado, trazendo informações instantâneas do volume real de material que está sendo dragado.

Benefício ao processo: ter a informação momentânea da quantidade de sólidos bombeado, não ter a necessidade de fazer ensaios de material durante o bombeamento, redução de custo operacional e contribuição nas tomadas de decisões operacionais.



SEGMENTOS ATENDIDOS PELA SOLUÇÃO



Entre em contato

Caso você tenha dúvidas ou queira informações adicionais estaremos à disposição para lhe atender!

WhatsApp Fale com nosso Comercial agora via WhatsApp