Estudo para transformação e reaproveitamento de resíduos

A valoração é a forma sustentável de agregar melhorias contínuas em processos, produtos e sistemas, seja no âmbito financeiro ou no ambiental. E é justamente isso que fazemos com resíduos: a partir de estudo detalhado e análise do material, utilizamos tecnologia de ponta para tratar resíduos e recolocá-los no ciclo produtivo – ou, ainda, em um novo ciclo. Ou seja, o que até então era sobra de processo produtivo se torna produto para consumo da própria indústria ou para comercialização no seu entorno.

Sua empresa precisa de solução ambiental para reaproveitamento de resíduos? Fale com a gente!

Sobre o processo

A transformação de resíduos em matéria-prima é realizada por meio de tecnologias específicas definidas de acordo com as características físico-químicas do material, bem como de sua fonte geradora. Portanto, o processo da valoração varia de acordo com as características dos resíduos.

Impacto positivo

Especialmente nas indústrias, a valoração reduz custos elevados com destinação de resíduos para aterros e tem potencial para criação de novas linhas de negócio com o uso ou a comercialização do material transformado.

Além disso, este processo ajuda a reduzir riscos ambientais, mitigar problemas com órgãos fiscalizadores e tornar o processo produtivo mais sustentável. Ou seja, a valoração contribui de forma eficiente na construção da reputação das empresas e no alcance das metas de sustentabilidade, que são cada vez mais relevantes para as indústrias e investidores.

Transformação e recuperação de resíduos de papel e celulose

O segmento de papel e celulose gera grandes volumes de resíduos em seus processos produtivos – que, no entanto, podem ser recuperados e transformados em matérias-primas com valor agregado. Para isso, é necessário aplicar tecnologias e técnicas de processo de maneira correta e eficiente.

A Allonda tem capacidade técnica e estrutura para promover a valoração destes materiais. A partir de estudos, é possível, por exemplo, fabricar fertilizante organo-mineral, tintas e pigmentos, bem como recuperar fibras para produção de papel e fibrocimento.

Recuperação de álcalis

É um processo de recuperação da soda existente no dregs – resíduo gerado no processo de caustificação. Este procedimento permite separar a soda líquida, que será enviada para reutilização, do resíduo sólido. O dregs é coletado em forma de cake e beneficiado para ser utilizado em setores da construção civil e siderurgia, entre outros.

Resíduos inorgânicos

Podem ser transformados e aplicados como base para fabricação de organo-mineral, corretivos de solo e produtos para construção civil, como blocos e pavers. O processo transforma resíduos sólidos em materiais de valor agregado, para queima ou reaproveitamento como matéria-prima em outros processos (dregs, lama de cal, cinzas de caldeira)

Tratamento e recuperação de água e polpa de celulose

O processo recupera a água utilizada em grandes volumes e viabiliza sua reutilização direta, a partir do sistema de água branca da indústria de papel e celulose. Além disso, este procedimento recupera também as fibras de celulose, que podem ser reutilizadas em fabricação de papel e derivados como CMC e HEC, entre outras aplicações nobres.

Fale Conosco

Desenvolvemos soluções de engenharia para indústrias e setores de infraestrutura

Cases Relacionados

Conheça nossos projetos de destaque:

Mineração

Acidente ambiental

Acidente ambiental

Mercados Atendidos

Expertise em atuar em empresas diversas.

Entre em Contato

Caso você tenha dúvidas ou queira informações adicionais estaremos à disposição para lhe atender!