Macrodrenagem

A macrodrenagem é importante para entender a capacidade do sistema urbano de condutos que receberam todo o volume de água pluviais nas chuvas. Esta disciplina estuda a infraestrutura de redes de captação nas cidades, além de contemplar a contenção de inundações e suas consequências para a população.

A retificação e canalização dos rios, além da alta impermeabilização do solo, muitas vezes causam grandes problemas nas cidades, como as inundações que resultam em perdas de imóveis, vidas, transmissão de doenças, redução da qualidade das águas pluviais, perda da qualidade de vida e destruição de vias públicas.

Planejamento de obras de macrodrenagem

Como é feito esse planejamento e por que ele é importante?

O planejamento começa com a definição da área de contribuição, do tipo de solo, das áreas impermeabilizadas, da quantidade de imóveis, do mapeamento dos cursos d’água e do estudo da topografia da área selecionada. Por isso, o planejamento é importante para a elaboração de projetos mais efetivos na amortização de cheias, com menos impactos a população. O principal projeto na área de macrodrenagem de uma cidade é o Plano Diretor.

Quais disciplinas da engenharia são necessárias para que esse planejamento seja efetivo?

As principais disciplinas aplicadas neste tipo de trabalho são Hidrologia, Hidráulica, Topografia, Urbanismo, Geografia e Meteorologia.

O que acontece se não houver planejamento?

Entre muitos impactos, o principal é a inundação de vias públicas, que pode resultar na destruição de residências, deslizamentos de terra, perdas de vidas devido a desmoronamentos e alagamentos, e o assoreamento de rios.

Tecnologias e expertise em obras de macrodrenagem

Quais são as principais rotas tecnológicas para este serviço?

  • Sistema de medição de nível de rios;
  • Sistemas de medição de vazões em rios e córregos;
  • Sistema de Meteorologia em conjunto com a Defesa Civil.

As novas tecnologias nesta área são as seguintes:

  • Asfalto permeável;
  • Calçadas com jardins e pavimentos permeáveis;
  • Drenagem urbana sustentável com parques lineares;
  • Novas políticas públicas, como a “Lei das piscininhas” que tem o intuito de reduzir prejuízos provocados pelas enchentes em São Paulo. A lei torna obrigatória a construção de reservatórios para as águas coletadas por coberturas e pavimentos nos lotes que tenham área impermeabilizada superior a 500 m².

Que tipo de experiência deve ter uma empresa que desenvolve soluções deste tipo?

Experiência com obras de grande porte, execução de piscinões, assentamento de tubulações com anilhas de concreto e escoramento de valas.

Quais são os diferenciais da Allonda nesse sentido?

A Allonda conta com corpo técnico capacitado para a elaboração de projetos de macrodrenagem e um departamento de planejamento de obra qualificado e alinhado com a operação. Além disso, em todas as obras, temos atenção plena com a segurança do trabalho para evitar qualquer tipo de acidente com a equipe.

Execução de obras de macrodrenagem

Por que essas soluções são relevantes?

Atualmente, com a urbanização desenfreada, principalmente nas grandes cidades e em países emergentes, aumentou a incidência de grandes inundações em área urbanas. Por conta disso, entender e implementar uma rede de macrodrenagem eficiente é muito relevante para essas localidades.

Essas soluções são emergenciais ou preventivas?

As soluções devem ser preventivas, a fim de evitar problemas como os indicados acima. Trabalhando com chuvas, é preciso sempre prever ocorrências futuras.

O que o mercado “compra” das empresas que prestam esse serviço?

O mercado geralmente “compra” a elaboração do projeto executivo de macrodrenagem separado da execução em si. Atualmente, o mercado está voltado para obras de contenção de grande cheias, como piscinões, já que as obras realizadas nas décadas de 1980 e 1990 não são mais suficientes para conter toda a vazão de água pluviais em grandes centros urbanos.

Cuidados especiais em obras de macrodrenagem

Por que este é um trabalho complexo?

As obras de macrodrenagem são complexas por conta da operação de grandes máquinas para escavação, terraplanagem e movimentação de carga. Além disso, também existem os processos de dimensionamento das unidades hidráulicas, como, por exemplo, canais, vertedouros, tubulações de grandes diâmetros e reservatórios de detenção de cheias, que devem ser feitos com critérios corretos, respeitando as normativas hidráulicas.

Quais são os riscos desse tipo de operação?

Os principais riscos em obras de macrodrenagem estão ligados à conciliação do tempo de execução com o período de seca, já que a execução deste tipo de obra não deve ser realizada durante a época de chuvas. Além disso, há a mobilização de escavadeiras, caminhões basculantes e tubulações de concreto, todos equipamentos de grande porte. Para a equipe operacional, há o risco de escorregamento de terra devido à má instalação de escoramento nas paredes de valas e canais.

Por que a Allonda é a melhor empresa para fazer esse trabalho?

Grande parte das obras na área de macrodrenagem devem ser feitas no período de seca do ano, ou seja, em um intervalo máximo de seis meses – entre abril e setembro. Por isso, a mobilização e finalização da obra deve ser rápida e muito bem planejada. Temos alta capacidade técnica para mobilização acelerada de obras em regime emergencial, e já possuímos o maquinário necessário para isso. Nossa equipe tem qualidade e experiência em obras emergenciais anteriores, e, por fim, temos em todas as nossas obras atenção plena com a segurança do trabalho para evitar qualquer tipo de acidentes.

Fale Conosco

Desenvolvemos soluções de engenharia para indústrias e setores de infraestrutura

Cases Relacionados

Conheça nossos projetos de destaque:

Mineração

Acidente ambiental

Acidente ambiental

Mercados Atendidos

Expertise em atuar em empresas diversas.

Entre em Contato

Caso você tenha dúvidas ou queira informações adicionais estaremos à disposição para lhe atender!