O que são e o que fazer para reparar estes desvios, que podem representar grandes perdas de recursos para as empresas

As perdas de água nos sistemas de abastecimento são um grande problema para os órgãos públicos e a sociedade como um todo. No caso da iniciativa privada, esta responsabilidade se potencializa: além dos custos elevados que podem ser ocasionados por desvios, há também o caráter sustentável. Levando em conta o crescente debate acerca do papel da manutenção dos recursos naturais, a gestão destes sistemas é fundamental.

Existem dois tipos de perdas de água: as aparentes e as não aparentes. As primeiras são frutos de vazamentos e defeitos físicos na tubulação e/ou nos equipamentos; já as outras são resultado de problemas dos medidores ou de irregularidades. Este segundo tipo enquadra as ligações clandestinas, popularmente conhecidas como “gatos”, em que pessoas físicas ou outras empresas usam sistemas ilegais para captar água sem pagar pelo volume consumido. Não há, portanto, recursos desperdiçados, e sim desviados.

Apesar de não ter impactos ambientais, as perdas não físicas de água têm consequências graves. A principal delas, do ponto de vista das empresas e indústrias, é o prejuízo econômico – estimativas de órgãos públicos afirmam que, normalmente, estas perdas são dificilmente dimensionadas e podem representar até 50% do total de volumes não faturados. Mas há também as implicações legais e éticas: uma das causas deste tipo de problema é a submedição dos hidrômetros, que, se detectada pela fiscalização, pode resultar em grandes dores de cabeça com multas e outras sanções cabíveis.

Perdas de água, sejam físicas ou não físicas, podem ser reduzidas e controladas por meio de uma boa gestão integrada do abastecimento. Existem várias ferramentas importantes para fazer este gerenciamento, todas baseadas no estudo e no diagnóstico das causas do problema. Além de identificar pontos de vazamento e eventuais ligações clandestinas, uma empresa que busca o controle destas perdas deve ficar de olho no funcionamento dos hidrômetros, como parte fundamental da manutenção do seu sistema.

Clique e saiba mais sobre as soluções de controle de perdas de água da Allonda.